O TESTAMENTO DE ADAM HAWORTH

QUEM FOI: trata-se do tio materno de nosso Henry, que foi para o Chile (Valparaiso) e lá acumulou considerável fortuna representando as fabricas de Manchester. Voltou para Great Harwood e lá desempenhou importante papel na sociedade da época, atuando como Ministro da New Jerusalem Church.

Acreditamos que tenha sido Adam Haworth que inspirou, orientou e ajudou o nosso Henry no seu propósito de vir para as Américas.

Os Comentários sobre o Testamento, por Bob Calvert

Prezados:

Estou trabalhando na interpretação do Testamento de Adam Haworth.
Ele parece ter feito este Testamento antes de uma viagem à Ilha de Malta e antecipou que encontraria a morte nesta viagem. Isso foi em 1839, e pelo tempo que o Testamento foi executado - em 1872,muita coisa havia mudado.

Vou tentar resumir os principais pontos do Testamento:


1. Ele não faz provisão para o enterro e demais despesas de funeral - presumivelmente pela expectativa de se perder no mar.

2. Ele enumera caixas de livros em três endereços - uma na casa do Rev. John Harvey Smithson da Lower Byron Street, Manchester; uma caixa na casa do Mr. James Grimshaw, de Plantation Mills - perto de Accrington, e várias caixas na casa de seu cunhado, Thomas Whitaker da Front Sandy Lane,Crumpsall.

3. Ele tinha £154 em dinheiro para sua viagem à Malta e £1500 em um banco de Manchester.

4. Ele faz uma provisão especial de £100 para cada sobrinha: "Margaret, a filha mais velha de minha irmã Anne, e esposa de Thomas Whitaker" e "Margaret, a filha mais nova da minha irmã Mary, a esposa de Henry Gibson do Bank Terrace, em Accrington....." como presentes a essas duas mulheres, minhas sobrinhas, em conseqüência de terem sido minhas governantas quando eu morava na cidade de Accrington".

5. Seu patrimônio deveria ser dividido entre suas irmãs Ann e Mary e, após suas mortes, a participação de cada uma delas iria para os respectivos filhos - Margaret e Elizabeth Whitaker e Ann, Alice, Margaret e Henry Gibson.

6. Ele nomeia como executores: o seu primo "Samuel Sykes, contador na Casa de Contagem de Hargreaves, Dugdale de Manchester" e seu sobrinho - "Greenhalgh Greaves, Pattern designer com Thomas ...."

O primeiro ponto a se notar é que ambos os executores faleceram antes dele, então Margaret Gibson homologou o Testamento em 1872 como a parente mais próxima.
Ela morreu logo em seguida e não executou o Testamento, cabendo aos executores dela providenciarem uma nova administração para o mesmo em 1877.

No ponto 5 acima, ele enumera os filhos de sua irmã Mary Gibson. James Haworth Gibson não é mencionado e a conclusão é que ele morreu antes de 1839, provavelmente ainda jovem.

As referências aos Whitakers confirma o que já havíamos deduzido - que a Margaret Whitaker enterrada na Christ Church Accrington, na sepultura de propriedade de Adam Haworth, era a filha de sua irmã Ann.

Todas as outras pessoas citadas, exceto Samuel Sykes, seu primo e o Rev. Harvey Smithson já eram conhecidos por nós.

Quando o Testamento foi avaliado em 1872, foi considerado como "menor de £300" - muito longe do dinheiro que Adam Haworth tinha em mãos e no banco em 1839. Em 1877 ele havia diminuido ainda mais, para £200.

O TESTAMENTO



Agradecimentos

Esta pesquisa se inicia quando Sara Maybury nos informa sobre o Censo Ingles de 1871 que relatava as irmãs de nosso Henry vivendo com um tio-materno, o Adam – ministro da New Jerusalem Church.

Esta informação imediatamente despertou o interesse de Bob devido a importância desta Igreja na região. A partir daí, as informações vindas da Sara, da Sonia e do próprio Bob foram surgindo e aos poucos, conseguimos notar a importância de Adam para o nosso Henry e consequentemente para a história dos Gibsons brasileiros.

Devido a importância deste personagem, pretendemos escrever um artigo especialmente para ele - Adam Haworth, mas aqueles que tiverem interesse ou curiosidade mais imediata, poderão acessar o seguinte site:

http://www.newchurchhistory.org/articles/jb1884/09_Mr_Geo_Haworth.php

Como sempre, nossos agradecimentos a Bob Calvert, a Sara Maybury e a Sonia Spencer pelas informações que nos foram fornecidas sobre Adam Haworth e pelo interesse nos Gibsons.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget